Primordiale (48) 3223-4003
Saúde Santa Mônica: (48) 3879-1377

Dermatologia

Dermatologia Clínica

Acne

Doença muito comum que consiste de inflamação nas glândulas sebáceas e dos folículos pílo-sebaceos. Esta inflamação gera os chamados cravos e espinhas. A acne pode ter diferentes graus de gravidade e o tratamento é diferenciado para cada um deles.

Queda de cabelo (alopecias)

Existem diversos tipos de alopecia e cada uma delas tem uma origem distinta. As mais comuns são:
Alopecia androgenética: está associada a fatores hormonais e genéticos que causam rarefação capilar progressiva. Pode estar presente em homens e mulheres.
Alopecia areata: normalmente associada com queda abrupta de áreas do cabelo, deixando falhas perceptíveis. Também pode causar alopecia total do couro cabeludo ou alopecia universal, em que há queda de todos os pelos do corpo. Está associada a fatores genéticos e pode ter o estresse como gatilho.
Eflúvio telógeno: caracteriza-se pelo aumento da queda diária de cabelo. O eflúvio pode ser agudo ou crônico. Dentre as principais causas estão o estresse, cirurgias, medicamentos, infecções, dietas restritivas, pós-parto ou doenças crônicas.

Câncer de pele

É o tipo de câncer mais comum do mundo. Dentre os cânceres de pele mais comuns estão o carcinoma basocelular, o carcinoma epidermoide e o melanoma. Cada lesão deve ser avaliada individualmente quanto ao diagnóstico e tratamento

Ceratoses seborreicas

Lesões benignas normalmente de formato arredondado e textura verrucosa. Podem ter coloração acastanhada ou enegrecida

Ceratoses actinicas

Lesões cutâneas pré-malignas relacionadas à exposição solar. Apresentam-se como manchas avermelhadas e descamativas presentes na face, colo e membros. Estas lesões devem ser adequadamente acompanhadas e tratadas para evitar a evolução para o câncer de pele

Vitiligo

Doença que se caracteriza pelo surgimento de manchas brancas na pele, acomete cerca de 2% da população. Ainda sem causa definida, mas fenômenos auto-imunes parecem estar associados.

Psoríase

Doença inflamatória da pele que cursa com surgimento de placas avermelhadas e descamativas em diversas regiões, até mesmo no couro cabeludo. Tem origem genética e não é transmissível

Dermatite seborreica (Caspa)

Doença inflamatória e crônica que cursa com descamação e vermelhidão na pele do couro cabeludo e face

Infecções

A pele pode ser acometida por diversos tipos de infecções como as bacterianas (impetigo, furunculose, celulite, etc), as infecções fúngicas (tinea cruris, tinea pedis, candidíase, esporotricose , etc) e infecções virais (herpes, molusco contagioso, verrugas, condilomas, etc) e até mesmo por parasitas como os piolhos e a escabiose.

Hiperidrose (suor excessivo)

A hiperidrose é uma condição que causa sudorese excessiva até mesmo no repouso. Pode acometer as axilas, virilhas, mãos e pés.

Melasma

Manchas acastanhadas que acometem principalmente a face. O melasma está associado a exposição solar, hormônios sexuais femininos, anticoncepcionais e gestação.

Manchas (melanoses)

Pequenas áreas acastanhadas presentes em locais mais frequentemente expostos ao sol.

Micoses

As micoses são infecções causadas por fungos na pele, cabelos ou unhas. Dentre as mais comuns pode-se destacar:
Pitiriase versicolor: causada pelo fungo Malassesia furfur, causa infecção superficial na pele, principalmente no ombro e dorso. Pode estar associada à dermatite seborreica.
Tinea: causada pelos fungos dermatófitos, pode acometer todas as regiões da pele, como a região inguinal (virillha), os pés e couro cabeludo.
Cândida: a infecção cutânea pela cândida acontece principalmente em pacientes com baixa imunidade, diabetes ou expostas a umidade e calor. Tem preferência por áreas quentes do corpo como a região inguinal, axilas e entre os dedos.
Onicomicose: infecção das unhas das mãos e pés por fungos. Pode se apresentar através de descolamento da unha, espessamento das unhas e alteração da coloração.

Nevos (sinais)

Os nevos, também conhecidos como sinais ou “pintas”, são manchas de coloração castanha ou preta que podem estar presentes na pele desde o nascimento ou surgirem nas primeiras décadas de vida. Estas lesões podem ser planas ou elevadas, normalmente tem aspecto homogêneo de coloração e bordas. Devem sempre ser avaliados regularmente pois podem se confundir com cânceres de pele.

Rosácea

Doença inflamatória crônica da pele que cursa com vermelhidão e pequenos vasos principalmente nas áreas centrais da face. A causa ainda não esta bem estabelecida, mas já se conhece alguns fatores de piora como a exposição solar, consumo de bebidas alcoólicas, estresse, temperaturas extremas e consumo de comidas apimentadas. Pode apresenta-se como manchas avermelhadas, lesões semelhantes a acne e até como nódulos e placas mais infiltradas. Também pode acometer os olhos, chamada de rosácea ocular

Urticária

Lesões avermelhadas e inchadas, como “vergões”, sempre acompanhadas de coceira. Dentre as causas mais comuns estão os medicamentos, infecções, alimentos, além das causas físicas como calor, frio, e pressão.

Dermatite de contato

É uma alergia a algum componente que está em contato com a pele. Cursam com lesões de eczema, que são manchas ressecadas, avermelhadas e acompanhadas de coceira. Normalmente surgem em mãos, pálpebras, área de brincos, mas podem estar presentes em qualquer área da pele.

Lupus

Doença autoimune crônica que pode se apresentar exclusivamente na pele ou ter sintomas em órgãos internos (rins, pulmões, células do sangue, coração, cérebro).

Alterações nas unhas

Unhas quebradiças, com alteração na cor, espessura ou formato podem estar associadas a doenças sistêmicas ou deficiências nutricionais. Doença inflamatórias também podem acometer as unhas como a psoríase , a dermatite atópica e o líquen plano.

Dermatoscopia

Exame realizado pelo médico dermatologista com auxílio do dermatoscópio. Este instrumento proporciona o aumento e iluminação adequada para melhor visualização de lesões cutâneas. Auxilia no diagnóstico de lesões dermatológicas, principalmente na diferenciação de lesões benignas e cânceres de pele

Dermatite atópica

Doença genética e crônica que inicia normalmente na infância. Caracteriza-se por pele seca e surgimento de placas avermelhadas que coçam, chamadas de eczema.

Blog da Dermato

Nossas opiniões

Melhor dermato da cidade! Atenciosa, estudiosa e o melhor botox que já fiz

Fernanda Casagrande Paciente

Fiz luz pulsada com a Dra Carla e adorei! A pele ficou linda

Mariana de Souza Paciente

A Dra Carla é uma profissional competente e muito simpática

Maria Marta Leite Paciente